Início

RELAÇÃO ENTRE O COACHING DE VIDA E A ÁREA DA SAÚDE

Após realizar meu Mestrado em Saúde Coletiva na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, identifiquei no coaching um método eficaz para promover saúde e qualidade de vida entre meus clientes. A inspiração foi conhecer o exemplo da Inglaterra que, há quase 10 anos, vem inserindo com sucesso – e com base em evidências – a metodologia do coaching nas equipes multidisciplinares dos serviços do seu sistema público de saúde, o NHS (para saber mais, clique aqui). Além dos médicos, psicólogos, nutricionistas, educadores físicos, entre outros, o profissional coach de saúde vem integrando este time para realizar um trabalho específico junto aos pacientes.

O foco do trabalho do coach de saúde  é apoiar as pessoas a desenvolverem estratégias de autocuidado para o gerenciamento de sua saúde por meio de conversas (entre o coach e o paciente). Nestas sessões, se trabalha a definição de objetivos e a criação de estratégias (planos de ação) para a melhoria de comportamentos e hábitos de vida tais como os de alimentação, de atividades físicas, rotinas de sono, organização pessoal (seja para tomar os medicamentos nos dias e horários corretos, planejar melhor as compras no supermercado, por exemplo) e até os ligados às relações sociais.

A satisfação em atingir determinadas metas e objetivos, ao longo deste processo, pode ter efeito terapêutico no cliente, no entanto o coaching em si não é terapia. Os bons profissionais Coaches, éticos e prudentes (…) encaminham este cliente, quando necessário, para um serviço de atendimento de saúde especializado (médico, psicólogo, nutricionista, educador físico, etc). (Dami Carvalho, O QUE É COACHING)

Este processo, com base em profundos diálogos que permitem o aumento do autoconhecimento e das reflexões dos próprios pacientes, faz com que eles melhorem seus níveis de satisfação com sua qualidade de vida e saúde. A partir daí, conseguem enfrentar, com uma maior capacidade, diferentes situações de vida e, principalmente, as condições crônicas de saúde (doenças de longa duração que requerem cuidados diários até o fim da vida, como nos casos de câncer, diabetes, HIV, doenças cardiovasculares, respiratórias, entre outras tantas, as quais representam a maior causa de morte em todo o mundo).

Dami Carvalho, Coach de Vida & Saúde, Mestre em Saúde Coletiva pela UFRGS.